Todos os posts (161)

Classificar por

     A Polícia Civil indiciou o pedreiro Cleomar Junior de Oliveira, de 34 anos, por furtar todos os itens de um apartamento ao ser contratado para fazer uma reforma, no Setor Sul, em Goiânia. Móveis, eletrodomésticos, luminárias e até as cerâmicas do imóvel foram levadas. 

     O G1 não conseguiu localizar a defesa do pedreiro para que ele se posicionasse diante do caso.

     Conforme o delegado responsável pelo caso, Gustavo Ribeiro Costa Rigo, as investigações foram concluídas na segunda-feira (16) e o indiciado não chegou a ser preso, não apresentou defesa e teve um mandado de prisão indeferido pela Justiça.

     “Foi solicitada a prisão, porém foi indeferida. Ele está em local incerto e não sabido. Ele não compareceu na delegacia para ser ouvido”, explicou o delegado.

     Prejuízo de mais de R$ 100 mil

     A dona do imóvel, Rosângela Ribeiro, contou que contratou os serviços de Cleomar em janeiro deste ano, por um total de R$ 20 mil, mas quando retornou em julho, o local estava apenas com as tubulações. Ela relata que ficou fora do Brasil durante período da obra e teve um prejuízo de mais de R$ 100 mil.

     “Ele levou tudo. O piso, eletrodomésticos, móveis, até o vaso sanitário. Minha vizinha falou que tinha algo errado, mas como eu estava fora, não levei muito em consideração”, explicou.

     O vazio no apartamento foi constatado após uma representante de Rosângela ter ido verificar o local, e a portaria do prédio informar que o pedreiro teria dito que a retirada dos objetos estava autorizada em contrato. A proprietária ainda contou que já contratou outro profissional para reconstruir a residência, mas nada paga o prejuízo de ter confiado no homem.

    Ainda conforme o delegado, a mulher não é a única vítima e há outras ocorrências registradas contra ele. Conforme a Polícia Civil, a pena para o crime pode chegar a oito anos de prisão.

    “Nos últimos seis meses, há pelo menos três a quatro registros contra ele, seja por não entregar o serviço contratado ou por furtar objetos. Foi um furto qualificado pelo abuso de confiança”, pontuou.

    Fonte: G1/Goiás

Condominial News

Saiba mais…

     A Lei Maria da Penha (11.340/06) completou 15 anos de sancionada no último dia 07 de agosto, data para relembrar os avanços e os caminhos a percorrer na proteção dos direitos das mulheres contra a violência doméstica. Representa um marco no enfrentamento à violência de gênero e é considerada pela Organização das Nações Unidas (ONU) como a terceira lei mais eficiente no mundo, mas os desafios ainda são diversos face às estatísticas alarmantes.

     A lei homenageia Maria da Penha, que sofreu uma tentativa de homicídio em 1983, e ficou paraplégica. O agressor, que era o próprio marido, ficou impune até o ano de 1998, e por isso o caso foi denunciado à Comissão Interamericana de Direitos Humanos da Organização dos Estados Americanos (OEA). A Lei Maria da Penha protege as mulheres contra todos os tipos de agressões, a exemplo da física, psicológica e patrimonial, e altera o Código Penal ao possibilitar que os agressores sejam presos. 

     Quantos às estatísticas globais, de acordo com a OMS, uma em cada três mulheres (35%) já sofreram violência. No Brasil, momento crítico da pandemia da Covid-19, segundo pesquisa do Datafolha, realizada pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, uma em cada quatro mulheres acima de 16 anos afirmaram terem sofrido algum tipo de violência. O estudo publicado em junho de 2021 aponta que cerca de 17 milhões de mulheres (24,4%) sofreram agressões físicas, psicológicas, ou sexuais.

      É neste contexto que a Campanha Rompendo Silêncio vai promover um grande debate nesta quinta-feira, 12/08, às 20 horas, pelo Canal do Youtube Condominial News sobre prevenção, intervenção e canais de denúncia em casos de Violência Doméstica, praticados em condomínios. A Campanha Rompendo Silêncio é uma importante ferramenta de prevenção dentro dos condomínios, e visa orientar os síndicos e colaboradores como agirem diante destas situações.

      Acompanhe o debate e deixe o seu recado no espaço de comentários:  https://youtu.be/CApJjrKSzMA

Saiba mais…

O poder do desenvolvimento e das parcerias

     O tema foi apresentado pelo idealizador do Portal Solicite, Edilson Cardoso, que também é o criador da Escola Condominial do Brasil, que possui um programa Multidisciplinar de formação, aperfeiçoamento e especialização profissional para síndicos e colaboradores de condomínio e o evento contou com a explanação da coordenadora Rusci Furtado. Edilson Cardoso ressaltou que o condomínio é  multi demandas em tudo e muitas empresas deixam de  realizar bons negócios por falta de conhecimento sobre as reais necessidades do mercado condominial, a maioria dos empresários empreendedores desse mercado pecam no atendimento, na elaboração de orçamentos e processos e é com esta preocupação que o programa Multidisciplinar Capacitar Condominial vai oferecer treinamentos aos proprietários e funcionários de empresas que trabalham com condomínios para que possam se especializarem é preciso saber de tudo que é exigido dos gestores condominiais e suas respectivas responsabilidades na gestão de compras e contratações.

     “O mundo condominial precisa que seja oferecido produtos, equipamentos e assessórios de qualidade e serviços qualificados de A a Z e o mercado condominial precisa se capacitar para a prestação de serviços de excelência. Buscamos Capacitar a gestão condominial e as empresas entendendo que esse mercado consome produtos e serviços de empresas de grande, médio e pequeno porte, essa relação entre condomínio e empresa e a capacitação se faz necessário para que essas empresas tenham os melhores funcionários que demandam conhecimento no atendimento a condomínio; falamos a linguagem mais simples para que todos entendam”, ressaltou, apontando que é necessária uma maior mobilização entre todos os segmentos, já que os eventos costumam ser ignorados.

     Rusci apontou, por sua vez, todos os caminhos para a busca efetiva do sucesso na área em que escolher atuar, dentre elas a boa organização do ambiente de trabalho, o aproveitamento de todas as oportunidades, o cuidado com a aparência, a manutenção do equilíbrio, organização de horários, fluxo de caixa, o fechamento de parcerias com profissionais natos, a construção de cases de sucesso e a valorização da vida pessoal. “Empreendedorismo e parceria cabem em qualquer lugar, inclusive, em nossos lares”, afirma, reforçando a importância das boas conexões e de aproveitar todas as oportunidades em momentos de crise.

     Ela menciona o crescimento contínuo do número de condomínios em todas as cidades, prédios de todas formas onde várias famílias residem no mesmo lugar. Rusci Furtado destaca que a empresa precisa gerir seus negócios com profissionalismo independente, porque é responsável pela administração dos negócios. “Cada empresa está sendo comparada com outra empresa, por meio da transformação do mercado e a profissionalização da gestão do condomínio. A prática constante da empresa na capacitação profissional e a busca de conexão por meio da parceria entre empreendedores do mercado condominial é tão eficaz, que não precisaria fazer tanto marketing da sua empresa, o trabalho e o profissionalismo soma. Para você indicar, quer dizer que você confia”, afirma.

     Para os que querem ter certeza onde estão apostando vale conferir os cases de sucesso e se a empresa contratada é referência no mercado. “A comunicação eficaz é fundamental para promovermos uma gestão eficiente e transparente, ou seja, tem que ter o passo a passo. Se você contratou um serviço e eu não te entreguei, não é se justificar, é trazer os fatos, contra fatos não há argumentos. Vamos gerando valor por meio da nossa comunicação assertiva e eficaz, um propósito de diferenciar os trabalhos. Somos um produto vendável, se quer entrar neste mercado, estude”, aconselha.

     Rusci Furtado lembra sobre cuidados com a redução de custos. “O barato sai caro, então faça alianças poderosas, parceiros focados, certamente, vou indicar e ser indicada. Procure gente boa, porque mais ou menos tem os montes”. Para acessar a palestra na íntegra, acesse: https://www.youtube.com/watch?v=9RrXkvmaZjI

     Veja também o Debate Condominial que aborda a influência da comunicação assertiva na gestão condominial: https://youtu.be/LczMGyLAZPg

Condominial News

Saiba mais…

     A acusação afirma que a dívida seria das taxas de condomínio vencidas a partir de 5 de março de 2017 até a presente data

     A síndica de um edifício localizado na cidade de Cuiabá, no estado do Mato Grosso, tenta, mas sem sucesso, receber de Mayra Cardi e do irmão da coach, Bruno Cardi, um crédito vencido no valor de R$ 62.279,25, proveniente de despesas de taxas condominiais em atraso. A ação movida pelo condomínio tramita na 5ª Vara Cível de Cuiabá. Nela, a síndica afirma que, além de Mayra e Bruno, a irmã deles, Beatriz Cardi, também seria proprietária do apartamento com o débito em aberto.

     A acusação afirma que a dívida seria das taxas de condomínio vencidas a partir de 5 de março de 2017 até a presente data, e que "apesar de insistentes cobranças verbais, os devedores recusam a pagar a dívida, restando ao credor recorrer à via judicial para receber o seu crédito". Consta, ainda no processo a informação de que parte dos valores que envolvem os débitos seriam de taxas para a manutenção do condomínio, que teriam sido devidamente acordadas em Assembleia Geral Ordinária, todos os anos, de 2017 até 2020.

     Além dos valores que já se encontravam pendentes, a síndica pontua que, na Assembleia de 2020, houve a implementação de uma taxa extra emergencial, com a concordância dos condôminos em duas parcelas de R$ 673,00 e, posteriormente, outras duas no valor de R$ 668,50, pois foi necessário o cumprimento de reformas urgentes, sob a ameaça, por parte da Defesa Civil de Cuiabá, de interdição do prédio pelo risco de desmoronamento. Segundo consta na ação, estes valores também não teriam sido pagos.

     A ação foi protocolada em dezembro do ano passado e, por meio de uma carta precatória assinada pela juíza Edleuza Zorgetti Monteiro da Silva, a Justiça busca a citação de Mayra Cardi em São Caetano do Sul, no interior de São Paulo.

    Fonte: O Dia

Condominial News

Saiba mais…

     A síndica de um condomínio no Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste do Rio, foi mantida refém por  um ex-funcionário do local na manhã desta quarta-feira. A vítima foi libertada após um dos seguranças do residencial e um morador terem conseguido imobilizar o homem, identificado como Emanuel Cândido da Silva, de 44 anos.

     O ex-funcionário foi preso em flagrante por policiais militares e levado para o Hospital municipal Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca. Ele se feriu ao ser contido pelos dois homens e precisou de atendimento médico. Em seguida, foi encaminhado para a 42ª DP (Recreio dos Bandeirantes), onde o caso foi registrado. Emanuel foi autuado pelo crime de cárcere privado.

     Em depoimento à polícia, a síndica relatou que Emanuel fingiu estar armado e fez ameaças de morte contra ela a todo momento. Para simular o armamento, o ex-funcionário usou um caixote amarrado com fita isolante preta. A mulher foi mantida sob poder do funcionário apenas por alguns minutos e logo uma funcionária conseguiu acionar os seguranças.

     Ainda no seu depoimento, a síndica contou que Emanuel fez contato com ela na última sexta-feira, dizendo que desejava falar com ela sobre fraudes que ocorriam no condomínio. Na manhã desta quarta-feira, ao chegar ao residencial, ele se encontrou com a ex-patroa e ambos foram para a sala de administração do condomínio.

     No local, após o início da conversa, Emanuel abriu a mochila que carregava e tirou de dentro dela a réplica da arma. O homem então disse para a ex-patroa que ela deveria sair do local com ele em seu carro. A mulher alegou que o veículo está na revisão, e Emanuel afirmou que ambos iriam para a estação do BRT. Nesse momento, o homem tirou uma corda de dentro da mochila e disse que amarraria a síndica.

     Uma funcionária do condomínio conseguiu ver pelas câmeras de segurança o que acontecia no local e pediu ajuda. O supervisor de segurança do residencial e um morador foram até a sala onde a síndica era mantida refém. Emanuel guardou a réplica da arma na mochila e determinou que a vítima agisse naturalmente. Ao entrarem na sala, o supervisor e o moradores conseguiram segurar Emanuel e acionaram a Polícia Militar.

     A síndica ainda contou aos policiais que Emanuel admitiu a ela que agiu por ordem de um ex-funcionário do condomínio, demitido após a descoberta de que estava furtando bicicletas.

    Fonte: O Globo

Condominial News

Saiba mais…

     A Escola Condominial por meio do Programa Multidisciplinar Capacitar Condominial promoveu mais uma Masterclass contra o preconceito que as mulheres enfrentam no mercado de trabalho que teve início, às 19:00 horas dessa quarta-feira 21, pela plataforma zoom, especialistas mulheres com carreira de sucesso discutindo este tema tão relevante nos dias de hoje. Estiveram presentes a Master Coach e Coordenadora do Capacitar Condominial, Rusci Furtado; a Advogada e também Coordenadora do Capacitar Condominial, Karlla Sabbag; a Empresária e Síndica Profissional, Sâmia Menezes; e a Advogada Militante em Direito Condominial, Daniela Aparecida. Abordando vários questionamentos, entre eles: Quais são os desafios da mulher no mercado condominial brasileiro? E como aumentar a liderança feminina nos condomínios?

     “Um evento transformador que termina hoje com o debate as 20:00 horas no nosso canal no youtube com o objetivo de potencializar a inteligência intelectual, emocional e saber mais desses e outros assuntos, assim como conhecer um pouco mais a Escola Condominial, por meio do Programa Multidisciplinar Capacitar Condominial”, explica o diretor Edilson Cardoso, reforçando que a liderança da mulher no mercado condominial é uma realidade eminente, desejável e necessária.

     De acordo com ele, o desafio neste momento é encontrar mais profissionais qualificadas no mercado. “Administrar a vida pessoal e profissional não é nada fácil e ainda há muito preconceito, entre outros obstáculos que dificultam a participação das mulheres neste mercado”, afirma.

     Mais informações pelos números: 62-99141-1003/3594-1790.

     Para acompanhar a masterclass e só acessar o canal condominial news no YouTube@condominialnews.

     Participe ao vivo também do debate pelo chat do canal Condominial News. Link: https://www.youtube.com/watch?v=mwvoGyFrBnc

     Esperamos por você, venha não fique de fora.

Condominial News

Saiba mais…

     O Crescimento do segmento traz desafios e oportunidades para todos.

     Fique de olho no que é realmente tendência do mercado condominial e suas constantes atualizações!

     Não é novidade que, para se destacar no segmento de mercado condominial, que está cada vez mais competitivo, é preciso oferecer soluções inovadoras que fazem a diferença na rotina do cliente. Diante disso, estar sempre alerta e atento as principais tendências do mercado condominial se tornou essencial para síndicos gestores, condôminos e empreendedores deste segmento.

     Essas tendências devem ser bem observadas para servirem de guia para que gestores e empreendedores saibam como adaptar as suas propostas de soluções à realidade em conformidade às atualizações de mercado e legislação vigente. Até porque a transformação de comportamento das pessoas e a evolução digital que temos vivido nos últimos anos tem provocado mudanças no desenvolvimento de ferramentas tecnológicas, assim como no comportamento do consumidor.

     Pensando nisso, alertamos por meio deste artigo para ajudar você a ficar de olho nas principais tendencias do mercado condominial e suas constantes atualizações e propostas.

     Se aventurar no mercado condominial como fornecedor de produtos ou serviços é desafiador e certamente você  irá encarar muitos desafios e riscos. E um sentimento muito comum entre empreendedores deste mercado é a impressão de andar sozinho numa trilha desconhecida em que te leva ao encontro de uma cidade de portão e portas fechadas.

     Mas será que o condomínio é um mundo fechado para o fornecedor de soluções e que você está sozinho(a) mesmo? Será que não existe uma forma assertiva de enfrentar os desafios junto com outras pessoas? Quem sabe outros fornecedores empreendedores condominiais?

     Você conhece o #PortalSolicite?

     O portal Solicite é uma plataforma que oferece ao fornecedor empreendedor condominial mais oportunidade de crescimento através do projeto Amigos do Condomínio, promove através  de um grupo seleto de parceiros a prática da indicação entre empreendedores do mercado condominial, o Portal Solicite é uma ferramenta para assessorar síndicos, gestores e condôminos na indicação segura de fornecedores do mercado condominial, seleciona, cadastra e divulga fornecedores tanto na plataforma como em exposições e materiais impressos também por meio do sistema de comunicação condominial news e da Escola Condominial promove palestras cursos online, conteúdos didático e informativo, é a melhor ferramentas de desenvolvimento e autoconhecimento dos síndicos e empreendedores condominiais e seus colaboradores, pois acreditamos e muito, no desenvolvimento, na boa comunicação e no poder dos contatos e das parcerias.

     Enquanto empreende, você encontrará no portal solicite e seus canais uma ferramenta B2B com usuários solicitantes e muitos empreendedores! Alguns deles podem ter algo que você não tem. Por outro lado, você pode ter algo que os outros precisam ou querem.

     Pare para pensar um pouco nas suas necessidades hoje em dia… Não conhece alguém por acaso que sabe fazer aquilo? Que possui um equipamento que possa ajudar? Ou talvez não conheça diretamente, mas um vizinho ou amigo talvez sim? É seguro?

     Que tal realizar uma troca, estabelecendo uma parceria?

     O principal objetivo de uma parceria é fazer algo em conjunto, que não poderia ser feito separadamente. É sobre construir uma relação ganha-ganha, que agrega para todo mundo envolvido: Parceria é andar juntos! Assim, vocês podem somar forças para chegar mais rápido ao destino final, ou até quem sabe, chegar mais longe do que imaginavam.

     Agora você deve estar se perguntando: Para quem propor uma parceria? Como encontrar essas pessoas? O que e como propor? Vamos descobrir!?

     Preparamos algumas soluções “como ampliar a sua rede de contatos a favor do seu negócio”.

     1) Pense nas necessidades do seu negócio.

     Saber o que seu negócio está precisando: é um problema de conhecimento, de equipamento, de tempo, você quer inovar, gostaria de vender seus produtos serviços, estabelecer novos contratos etc.?

     Comece já a listar possíveis soluções e ideias que te ajudariam a responder às suas necessidades e permitiriam resolver essas necessidades.

     2) O Portal Solicite pode te ajudar.

     Conheça quem são as pessoas, empresas e organizações que podem fechar uma parceria com você para suprir essas necessidades. Coloque, ao lado de cada necessidade, um ou mais possíveis parceiros.

     3) E continue listando…

     Participe do grupo seleto de pessoas e empreendedores inscritos no portal solicite, compartilhe sua necessidade com as pessoas que te cercam, participe de eventos e troque contatos, essa interação é muito importante!

     Além disso, você pode utilizar de estratégias e ações necessárias para o seu crescimento: para cada pessoa com quem você conversar, peça pelo menos três contatos ou indicações de pessoas para conhecer. E não pare nunca de fazer contatos!

     4) Saiba o que motiva essa parceria.

     Não podemos esquecer que a parceria precisa ser vantajosa para os dois lados, por isso, escreva, ao lado do nome do possível parceiro, qual seria a motivação dele em fechar uma parceria com você.

     5) Onde encontrar parceiros

     O último passo desse processo é participar ativamente dos encontros de emprendedores on-line e presenciais promovido pelo portal Solicite onde você poderá encontrar esses parceiros. Feito isso, construa um plano de ações, ou seja, um planejamento simples de como irá contatar e conversar com esses possíveis parceiros.

     Com o planejamento pronto, está na hora de partir para a prática e não desanime!

     #Fica a dica!

     1) Comunique de forma clara, consistente, motivada e inspiradora! Tenha brilho no olho.

     2) Mostre mais os sucessos e objetivos do que as necessidades na hora da apresentação.

     3) As pessoas não fazem nada, a não ser que sejam solicitadas. Você tem que propor e ver qual será a contraproposta e então tentar chegar a um consenso de parceria.

     Buscar parcerias constantemente!

     Uma parceria puxa a outra, se os resultados forem bons. Além disso, como em toda atividade, a cada tentativa de abordagem, ficamos melhores e mais preparados.

     E para facilitar seu processo de fechamento de parcerias, preparamos algumas ações padrões que podem ajudá-lo a divulgar seu trabalho: Um canal de apresentação do seu negócio, ferramenta de solicitações, exposições e de parceria.

     Inclusive preparamos a EXPOCondominial - Solicite On-line e Presencial que você poderá participar expondo seus produtos e serviços diretamente para síndicos e gestores condominiais e estes encontrar diversas soluções em produtos e serviços.

     Então, mochila nas costas, e partiu trilhar! Com novos parceiros, você conseguirá ir mais longe e ter mais fôlego!

     Para saber mais sobre a plataforma clique aqui: www.solicite.net

     Participe conosco pelo zoom no dia 26/07 uma palestra sobre: O poder do desenvolvimento e das parceriashttps://bit.ly/PortalSolicite

Por Edilson Cardoso

Saiba mais…

Modelo de Gestão Condominial de Excelência

     Considerando que o MGCE - Modelo de Gestão Condominial de Excelência é uma iniciativa de metodologia de ensino da Escola Condominial do Brasil por meio do programa Multidisciplinar de formação, aperfeiçoamento e especialização profissional para síndicos e colaboradores de condomínio.

     Como referência de gestão condominial, o interessante é adotar práticas, assertivas em condomínios de todo porte (pequenos, médios e grandes) de forma que consiga trabalhar esse modelo e obter resultados de alta performance. O modelo de gestão condominial de excelência é um modelo totalmente aplicável em todos os condôminos dos mais variados segmentos. 

     Modelo de Gestão Condominial de Excelência. Partindo desta premissa, podemos entender como um modelo que é referência no mercado condominial e que consegue atingir diversos padrões de condomínios. Vamos simplificar e exemplificar para que este conceito fique ainda mais claro para você. 

     Existem algumas características que podem facilitar o entendimento do que é esse método de gestão condominial.

     Uma das características é esta que segue abaixo:

Cinco qualidades do líder 4.0 - Healthcare Management

      É um modelo de gestão colaborativa que trabalha pelo meio da melhoria, conjunta e contínua, exercendo o aprendizado Multidisciplinar do líder e de sua equipe de forma constante, ou seja, o MGCE é considerado como um modelo sistêmico de gestão condominial participativa com foco na prevenção, assertividade e sucesso da gestão.

     Considerado como uma referência de aprendizado que não precisa de prescrição para implementar suas práticas, o MGCE faz questionamentos que “obrigam” o exercício da reflexão em relação à gestão condominial que está sendo empregada. É um modelo de gestão que faz com que os gestores líderes e colaboradores estejam engrenados com o mesmo objetivo cada um dentro das suas atribuições, sempre atentos e com o pensamento focado em novas possibilidades na prevenção de riscos e no sucesso da gestão. É uma poderosa forma de estimular ideias inovadoras e garantir que não haja comodismos ou zonas de conforto tanto para gerenciar o condomínio como uma empresa quanto para liderar pessoas. 

     Possibilitando que as organizações condominiais se adequem às suas práticas de gestão e aos conceitos que classificam uma empresa na classe mundial, tendo como objetivo de estimular que o condomínio em questão tenha respostas e resultados positivos através de uma gestão elaborada e colaborativa.

     Com base nas características citadas acima, é possível refletirmos sobre os benefícios que surgem ao aplicar esse modelo como estratégia de gestão em um condomínio. Mas, que benefícios são esses? Confira no próximo tópico. 

     Veja os benefícios do Modelo de Gestão Condominial de Excelência – MGCE

     Aqui estão reunidos os principais benefícios para sua gestão. Conheça cada um deles: 

  • A Multidisciplinaridade atribuídas a cada cargo e a sustentabilidade são estrategicamente promovidas dentro do condomínio.
  • A gestão passa a ter um referencial real dentro das necessidades reais de cada condomínio.
  • O aprendizado organizacional se torna mais elaborado e eficiente.
  • O método avalia e melhora a gestão de forma compreensiva.
  • Melhora a compreensão de anseios das partes interessadas.
  • Mensura os resultados da gestão de forma objetiva.
  • A visão sistêmica dos executivos é exercitada para desenvolver habilidades específicas.
  • Estimula o comprometimento e a cooperação entre as pessoas.
  • Incorpora a cultura da excelência.
  • Uniformiza a linguagem e melhora a comunicação gerencial e os relacionamentos interpessoais.
  • Permite um diagnóstico objetivo e a mensuração do grau de maturidade da gestão.
  • Enfatiza a integração e o alinhamento sistêmico.

     Através dessas características e dos benefícios que o MGCE nos apresenta, é possível entender que os condomínios que adota esse método possuem uma evolução na gestão, nos relacionamentos Interpessoais, financeiro e aumenta a segurança de forma significativa.

     Agora, conte pra gente: Você acha válido apostar no MGCE como um modelo de gestão para o seu condomínio? Já utilizou o MGCE em seu condomínio? Deixe seu comentário e compartilhe no espaço abaixo a sua experiência. 

     O conteúdo foi interessante pra você? Espalhe o conhecimento! Curta, comente e compartilhe nas redes sociais, informe mais pessoas sobre o método de gestão de Excelência (MGCE).

     Para saber mais assista hoje ao vivo o nosso programa: https://www.youtube.com/watch?v=GiqM4Gr3IHE

Condominial News

Saiba mais…

     A Escola Condominial do Brasil está com uma oportunidade imperdível para os alunos, por meio do Capacitar Condominial, Programa Multidisciplinar de Formação, Aperfeiçoamento e Especialização Profissional para síndicos e colaboradores de condomínio, com um programa específico de bonificação, que são as Masterclass, válido para todos os cursos. Nesta quarta-feira, a partir das 19:00 horas, a direção da escola juntamente com a equipe multidisciplinar vai oferecer aulas gratuitas e com temas diversos como forma de fidelizar e ampliar o relacionamento com seu público.

     Serão realizadas duas aulas bônus: a primeira sobre contabilidade nos condomínios com os temas: "Contabilidade de Condomínios obrigação ou opção? E a Contabilidade Gerencial", com o especialista que atua neste segmento, professor Rodrigo Rezende Mendonça; e a segunda sobre Engenharia Condominial: "As edificações sob a responsabilidade do síndico", com o professor e especialista em Engenharia Condominial, Eng.Ricardo Ferreira.

     O diretor da Escola Condominial, Edilson Cardoso, reforça a importância dos síndicos e gestores se especializarem e incentivarem seus colaboradores a estarem sempre se atualizando. "É de grande valia pensar nos benefícios que trazem a inclusão social e a realização pessoal e na carreira desses colaboradores", diz, acrescentando que a Escola Condominial é hoje referência na região Centro-Oeste pela gama de cursos e especializações, visando à formação, aperfeiçoamento profissional de síndicos e colaboradores.

     Vale a pena reforçar que nesta quinta-feira, 15/07 às 20:00 horas, será exibido no Canal Condominial o Programa Condominial Nacional sempre com debate entre os especialistas e convidados especiais. O tema do programa será "Gestão Condominial de Excelência", com os professores da escola condominial Rodrigo Rezende, Rusci Furtado e Ricardo Ferreira.

     Para participar da Masterclass do Capacitar Condominial. Clique aqui no link: http://bit.ly/AulasMasterClasse

Condominial News

Saiba mais…

     Acidentes podem ocorrer em todo lugar, qualquer hora do dia ou da noite e pegar todos de surpresa. Em condomínios onde há grande movimentação, é sempre importante investir em medidas preventivas de segurança, capacitação e primeiros socorros para se proceder diante de acidentes ou emergências. Além do socorro especializado, o morador que conhece as técnicas de primeiros socorros, pode sim ajudar a salvar quem esteja em situação de risco. Mas e aí, os condomínios podem investir em treinamentos de primeiros socorros para colaboradores na prevenção de possíveis emergências?

     Esta foi uma das perguntas feitas pelo apresentador Denner Henrique no Condominial News Nacional, na última quinta-feira, 08/07, ao Capitão do Corpo de Bombeiros do estado de Goiás, Leonardo Castro; ao Instrutor Especialista em Urgência e Emergência-GO, Maicon Rodrigues e a jornalista e síndica do Distrito Federal, Maira Coelho.

     Entre as principais ocorrências que exigem atendimento de primeiros socorros estão mal súbitos, queda e queimaduras, afogamentos, paradas cardiorrespiratórias e crise convulsiva. Inicialmente, o Capitão Leonardo Castro explicou a diferença entre Bombeiro Militar, Bombeiro Civil e socorrista. De acordo com ele, Bombeiro Militar é uma instituição pública, ligada ao governo do Estado, que por força constitucional, é delegada à instituição o socorro, à prevenção de combate ao incêndio, às atividades de defesa civil e de salvamento. “Temos toda uma formação técnica, profissional para prestar socorro à população de uma maneira em geral em situações de incêndio, acidentes, de atividades de defesa civil e quando acontecem ocorrência de maiores vultos, relacionadas às questões ambientais ou catástrofes urbanas”, explicou.

     Ainda de acordo com ele, o Bombeiro Civil é uma profissão que foi regulamentada recentemente e que era vista como brigadista. “É um profissional ligado à questão da segurança que diz respeito às ações de prevenção, combate a incêndio e de acidentes e nos mais diversos níveis, comercial e industrial, de maneira privada”, esclareceu.

     O Capitão também explicou que: “o socorrista é àquela pessoa que tem conhecimento em primeiros socorros, sabe o que fazer e o que não fazer em situações de emergência, está sempre pronto a cooperar na prevenção e no primeiro atendimento a estas vítimas”.

     Para Leonardo Castro, é importante uma ação coletiva, as pessoas entenderem e criarem uma cultura prevencionista; evitarem que o acidente ocorra. “Segurança é direito de todos, mas também dever”, defende.

     Sobre a conservação dos kits de primeiros socorros, explica ser necessário manter os materiais lacrados para que não haja contaminação, a exemplo dos gases, atadura, material para imobilização, solução fisiológica. “Aquele ato de conferir, a pessoa mexer, pode comprometer, violar, é preciso mantê-los em plenas condições de serem usados”.

     O enfermeiro e especialista em urgência e emergência, Maicon Rodrigues, esclareceu questionamentos sobre como se proceder diante dos afogamentos e queimaduras. “Seguimos protocolos que todos os anos são atualizados, e eles dizem que a primeira coisa que devemos atentar é a cena sempre, chegou ao local da cena, e se ela oferece segurança. Existe aquela situação que as pessoas apavoram; por exemplo, no afogamento em piscina, às vezes a pessoa não sabe nadar e quer pular para salvar; então serão duas vítimas em vez de uma”, diz, ressaltando a importância de se manter a calma, avaliar a cena e após isso, entrar em contato com o serviço de emergência, Samu, Bombeiro, ou uma empresa privada.

     Ele entende que é preciso investir em capacitação primária; educação continuada para diminuir o número de acidentes, treinamentos, práticas, ensinamentos em escolas. “O primeiro socorro é que salva, e não a ambulância. A educação continuada é o que vai fazer diminuirmos o número de vítimas em condomínios, em vias públicas. O treinamento é a melhor forma de ajudar, e existem práticas até para leigos, ensinamentos em escolas, em instituições privadas”.

     Maicon lamenta sobre a demora para se ter acesso aos condomínios. “O segurança tem muita dificuldade para verificar, fica muito tempo parado e isso demora, temos hora de ouro. Não adianta ter kits de primeiros socorros, se não consegue diminuir o tempo de respostas para o atendimento. Na questão de queimaduras, há graus de queimaduras e para cada grau é determinado um tipo de abordagem, desligamento da rede elétrica”.

     A jornalista e síndica Maiara Coelho compreende que nem todas pessoas estão preparadas para realizarem os primeiros socorros que são muitos complexos, são necessários um treinamento e capacitação. “O primeiro comando dentro do nosso condomínio é a orientação básica, ligar ao Samu e ao Corpo de Bombeiros, temos lá na nossa quadra no Sudoeste Brasília síndicos que são médicos, professores de medicina, outros profissionais de saúde envolvidos e nós sabemos que esta orientação do procedimento adequado, que é fazer a regulação para o Samu”, diz.

     De acordo com ela, é preciso orientar as pessoas sobre as normas de conduta adequada “Este é um assunto relevante que deve ser discutido na sociedade, devido à pandemia, não conseguimos realizar alguns projetos que estavam planejados. Com certeza, a pandemia estará equilibrada, conseguiremos avançar com estes temas que são relevantes para a sociedade”, acredita. 

     Curso Cipa – O Capitão Leonardo informa que por mais que existam normativas, estaduais, do Ministério do Trabalho, do Corpo de Bombeiros, é importante a prevenção a acidentes; promover esta discussão dentro dos condomínios, além de realizar a Semana Interna de Prevenção a Acidentes no Trabalho (Sipat), envolvendo os colaboradores e toda aquela população que transita dentro do condomínio. Outro ponto fundamental é a realização do curso para a Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA).

     No site do Corpo de Bombeiros: https://www.bombeiros.go.gov.br/ há leis, normas técnicas, dicas de segurança, temas sobre sinalização e iluminação de emergência, disponíveis para consulta.

     Canais: Em caso de emergência, acione o socorro pelos canais: Polícia Militar, Nº 190; Corpo de Bombeiros, Nº 193 e Samu, 192. Importante, ao acionar o socorro, manter a calma para passar todas as informações importantes, como endereço, ponto de referência, estado de saúde, para que o socorro seja providenciado conforme o grau de complexidade do acidente. Assista ao programa na íntegra: https://www.youtube.com/watch?v=EbF7Fz2aBaM

 Condominial News

Saiba mais…

     Quando a crítica não ultrapassa os limites da liberdade de expressão, não se vislumbra ofensa ao direito de personalidade. Assim, a 2ª Vara do Juizado Especial Cível de São Paulo julgou improcedente pedido de danos morais por ofensas a honra.

     A ação foi proposta pela síndica de um condomínio contra outra moradora do edifício. A autora alegou que a ré fazia declarações recorrentes contra sua imagem e honra, perante todo o condomínio, além de questionar sua integridade. Requereu a indenização por danos morais.

     Na sentença, o juiz Fabio In Suk Chang considerou que as postagens da ré, tidas por ofensivas, apenas refletem opiniões pessoais a respeito de eventos da vida condominial, com poucas colocações diretas sobre a autora.

     Dessa forma, para o magistrado, não há que se falar que as impressões a respeito da gestão da autora violam seu direito a personalidade. Segundo ele, mesmo que as opiniões veiculadas sejam negativas e infundadas, não é possível afastar o direito constitucional de liberdade de expressão, de acordo com precedentes do Tribunal de Justiça de São Paulo citados.

     Além disso, Chang acolheu o argumento da ré de que aquele que se dispõe a ser síndico deve assumir o ônus de conviver com fiscalização e críticas, pois tal diretiva aplica-se a todos que exercem função de mandatários, seja no âmbito político, seja no de um condomínio. A defesa da ré foi feita pelo advogado Ricardo Amin Abrahão Nacle. 1008234-08.2020.8.26.0016

     Fonte: Conjur

Condominial News

Saiba mais…

     A síndica Priscilla de Oliveira e Leonardo Lima, supervisor de imagens do condomínio e amante dela, são suspeitos pela morte do empresário Carlos Eduardo Monttechiari na manhã de 1º de fevereiro. A polícia investiga a participação de outras pessoas depois que o homem teria mencionado sobre uma amiga da síndica que cedeu a arma usada no crime.

     Carlos Eduardo foi baleado dentro do seu carro na Vila Kosmos, na Zona Norte. O empresário foi atingido no tórax e no abdômen e chegou a ser hospitalizado, mas morreu no dia seguinte.

     De acordo com a 27ª Delegacia de Polícia do Rio de Janeiro, evidências demonstram que a vítima descobriu fraudes no orçamento do condomínio feitas pela síndica. Além disso, Carlos chegou a marcar uma assembleia de moradores com a intenção de denunciar o caso. O valor desviado pela mulher pode chegar a R$ 800 mil.

      Inicialmente, o caso foi tratado como uma tentativa de latrocínio, roubo seguido de morte. Entretanto, após depoimento de uma testemunha, com quem a vítima falava ao telefone no momento do crime, os agentes identificaram o possível autor.

     O casal foi preso em março na Barra da Tijuca, Zona Oeste, depois que o carro do supervisor foi identificado como o mesmo utilizado no homicídio.
A investigação também trabalha com a hipótese de que o crime foi ordenado por Priscilla com o apoio da amiga citada por Leonardo, que teria confessado ser o autor durante depoimento à justiça.

     Em entrevista ao G1, os advogados da síndica disseram: “Continuamos acreditando na inocência da Priscilla, pois até agora não há nenhum motivo plausível para o cometimento desse crime. Nenhuma fraude foi constatada na sua gestão, ela não teria o que temer.

     Acredito que o Leonardo sofre de algum distúrbio mental e iremos solicitar algumas diligências nesse sentido”.

     A defesa do homem sustenta que ele teria sido incitado e se deixou levar pela grande preocupação da síndica em relação às acusações de fraude.

     Fonte: Correio Braziliense

Condominial News 

Saiba mais…

     A Campanha Rompendo Silêncio vai incorporar aos temas já abordados a Violência Contra os Idosos. A proposta é de sensibilizar familiares e síndicos para uma atenção maior aos idosos, no sentido de proteção, cuidado, zelo e amor. A campanha fará uma homenagem à Dona Maria Serafim Cardoso, que faleceu recentemente em decorrência de complicações de um Acidente Vascular Cerebral (AVC). Ela é mãe do CEO e idealizador da campanha, Edilson Cardoso, com quem tinha fortes vínculos numa relação de respeito e amor.

     O artigo quarto do Estatuto do Idoso diz que: “nenhum idoso será objeto de qualquer tipo de negligência, discriminação, crueldade ou opressão e todo atentado aos seus direitos por ação ou omissão será punido na forma da lei”.

     Contrapondo ao Estatuto do Idoso, a violência contra os idosos é crescente, o que acendeu um sinal de alerta para as autoridades. Inclusive, este mês é intitulado por Junho Violeta, pensado em 2006 pela Organização das Nações Unidas (ONU) e pela Rede Internacional de Prevenção à Violência à Pessoa Idosa (INPS), para conscientização de todos os tipos de violência contra os idosos, como física, psicológica e financeira.

     O Condominial News Nacional também se sensibilizou com a campanha e debateu o assunto, em especial o abandono de idosos nos condomínios. Participaram do debate o CEO e idealizador da Campanha Rompendo Silêncio, Edilson Cardoso; a advogada e idealizadora do Programa Síndico Amigo do Idoso, Rose Ferreira; e a especialista em Gestão Condominial, professora Beatriz.

     Edilson Cardoso anunciou no início do programa que a violência contra os idosos é um tema altamente relevante, que está sendo incluso na Campanha Rompendo Silêncio, que foi idealizada em 2019, para tratar da violência doméstica dentro dos condomínios, o desenvolvimento social e sustentável. “É mais um desafio que estamos abraçando. Há poucos dias perdi minha mãe depois de uma luta muito grande. Ela sofreu um AVC, fizemos tudo que foi necessário para salvar a vida dela e infelizmente não conseguimos”, relata.

     Cardoso justificou que há muitas famílias que deixam os pais em condomínios, com todo suporte financeiro, mas que eles não querem isso por se sentirem sozinhos, principalmente, quando tem limitação de saúde e sem a presença dos familiares. “Tivemos a oportunidade de pensarmos este assunto, inspirando em minha mãe que foi uma mulher guerreira e de fibra que muito nos ensinou a olharmos pelo outro”, enalteceu.

     De acordo com ele, esta é uma homenagem à memória da mãe, Dona Maria Serafim Cardoso.  Todo ano, no mês de junho, será debatido este assunto para fortalecer ainda mais a campanha e dá assim oportunidade aos filhos e também aos síndicos olharem com uma maior sensibilidade para os idosos e suas necessidades. “Os síndicos precisam saber quem são estas pessoas, levarem eventos que possam promover a socialização”.

     A advogada e idealizadora do Programa Síndico Amigo do Idoso, Rose Ferreira, defende uma política que promova à dignidade, à autonomia e bem-estar dos idosos. O projeto que desenvolve no Rio de Janeiro nasceu a partir de sua vivência na área de atendimento à pessoa idosa, pela OAB Niterói, onde pode desenvolver vários projetos e ações sociais.  “Percebi que no judiciário não conseguíamos resolver todos os problemas dos idosos, principalmente, dos mais vulneráveis, dentre eles, os residentes em condomínios”, explicou.

     De acordo com ela, o Projeto Síndico Amigo do Idoso tem como papel levar informação ao síndico, qual é o papel dele, como pode valorizar o morador idoso, promover ações que garantam dignidade, bem-estar e autonomia. “No Brasil, são 32 milhões de pessoas com mais de 60 anos; temos o idoso ativo e também o que demanda cuidados, às vezes vítima de abandono pela família, pela sociedade e o estado”, explica.

     A advogada acrescenta ainda sobre os tipos de abandonos. “Temos o abandono material, afetivo e o afetivo inverso, que é quando os filhos têm o dever de proverem materialmente e emocionalmente, abandonam este indivíduo à própria sorte”, justifica.

     A professora Beatriz considera que essa campanha é de extrema importância e que vem reforçar o trabalho de muitos síndicos que já se dedicam aos idosos como se fossem da família. “Sei que têm muitos síndicos que atuam como os idosos fossem uma família, mas não é o suficiente, pois muitas vezes, a própria família provem este idoso de bens materiais, mas esquece daquele bem-estar físico e emocional que ele precisa tanto. Também temos a pandemia que está trazendo um isolamento ainda maior para estes idosos”, diz.

     A causa dos idosos passa por três esferas, a família, sociedade e o estado e cada uma delas deve cumprir seu papel na defesa e proteção deste público. Em caso de abandono e maus-tratos a idosos, há os canais oficiais para denúncia em cada estado, sendo o principal o Disque 100. Há também as delegacias especializadas e em caso de ocorrências, é recomendável registrar o Boletim de Ocorrência. Quanto à rede de apoio oferecida pelo Condominial News, há o blog, Portal Solicite, grupo de WathsApp de síndicos e canal de solicitações. 

    Confira o programa na íntegra: https://www.youtube.com/watch?v=J43YhElnxj8

    Para saber mais sobre o universo condominial acesse os links abaixo:

Condominial News

Saiba mais…

     A Importância da Profissionalização da Gestão Condominial é o tema da Masterclass Capacitar Condominial. Em continuidade ao programa de Capacitação Condominial, a masterclass é recheada de conteúdo didático e informativo com grandes especialistas do ensino condominial do Brasil, abordando temas como:

  • Sustentabilidade,
  • Gestão Condominial Profissional,
  • Engenharia Condominial,
  • Saúde Emocional do Síndico e da Equipe,
  • Liderança e a Produtividade do Trabalho em Equipe,
  • Legislação Condominial e muito mais.

     Na coordenação de cada aula estarão a diretoria da escola Condominial.

     O início das aulas acontecerá em formato EAD às 19:00hr, com transmissão em tempo real por meio do aplicativo ZOOM.

     Confira abaixo a programação e coloque na agenda!

    28 de Junho

  • 19:00hr – Abertura da Masterclass Capacitar Condominial  
  • 19:10 hr - Roberta Lucena: Empatia na Prática
  • 19:40 hr - Eduardo Bessa: Gestão Financeira Condominial, Auditoria e Aplicação do Complaice
  • 20:10 hr - Ricardo Ferreira: Sustentabilidade, Qualidade de Vida e Inclusão
  • 20:40 hr - Edilson Cardoso: Campanhas e Eventos Condominiais

     30 de Junho

  • 19:00 hr - André Freitas: "Eu" "Tu" e "Nós"
  • 19:40 hr - Alládio Teixeira: Responsabilidade e Atribuições da Função
  • 20:10 hr - Caio César Mota: A Responsabilidade Civil e Criminal do Síndico, a Legislação Condominial
  • 20:40 hr - Karlla Sabbag: Profissional em Alta Performance, Desenvolvimento e Trabalho em Equipe
  • 21:10 hr - Rusci Furtado: Gestão Condominial Liderança e Produtividade

      Para participar e receber o certificado da Masterclasses, bem como os sorteios de bolsas para os cursos de Gestão Condominial Profissional, Gerência Condominial, Zeladoria Condominial, Portaria Condominial e Serviços Gerais da Escola Condominial não deixe de adquirir o seu passaporte para o programa Multidisciplinar Capacitar Condominial.

Evento: MASTERCLASS – CAPACITAÇÃO CONDOMINIAL

Tema: “A Importância da Profissionalização da Gestão Condominial”

Local: Via aplicativo zoom

Data: 28 e 30 de junho de 2021

Horário: 19:00

https://bit.ly/MatricularAqui

Mais informaçõeshttps://bit.ly/MatricularAqui: 62 3594-1790

WhatsApp: 62 99141-1003

E-mail: escolacondominial@gmail.com

www.condominialnews.com.br

#EscolaCondominialdoBrasil 

#MasterClasseCapacitarCondominial

#condominialnews 

Condominial News

Saiba mais…

     Há três anos era idealizada pelo CEO e diretor Edilson Cardoso a Campanha Nacional Rompendo Silêncio, para levar conscientização e encorajar as mulheres a denunciarem seus agressores e juntas se mobilizarem contra a violência, que acontece dentro dos condomínios. Tem como principal objetivo trabalhar de forma interdisciplinar na capacitação de síndicos e equipes para fazerem o uso da metodologia preventiva no combate ao abuso e qualquer tipo de violência no ambiente condominial.

     Muitas das vezes as vozes das mulheres são silenciadas, por medo e em alguns casos por dependência econômica. Um problema estrutural enraizado na sociedade e que não escolhe classe social, formação cultural e profissional; como ocorreu com a apresentadora do Programa Cidade Alerta Goiás na Record, Silvye Alves, agredida covardemente pelo ex-namorado Ricardo Hilgenstieler, na frente do filho de 11 anos, na madrugada de segunda-feira, dia 21 de junho. A jornalista é hoje uma das grandes defensoras dos direitos e valorização das mulheres.

     Em nota divulgada, Silvye lamenta ter prometido nunca fazer o filho sofrer e neste caso foi inevitável, episódio que está doendo em sua alma.

     Os percursores da Campanha Rompendo Silêncio, por meio do diretor Edilson Cardoso e dos embaixadores em diversas capitais, repudiam a agressão sofrida pela jornalista Silvye Alves, dentro de seu apartamento, que teria sido invadido pelo agressor. "Quando pensamos na realização da Campanha Rompendo Silêncio, tínhamos como propósito chamar a atenção do público condominial diante um problema real existente dentro dos condomínios. Neste caso da Silvye, o apartamento foi invadido, o que chama à atenção para outro tema que tanto defendemos, que é a garantia da segurança de todos os moradores", ressalta Cardoso.

     O idealizador da Campanha Rompendo Silêncio diz que a luta continua e que a força demonstrada pela apresentadora Silvye servirá de estímulo para impulsionar a campanha dentro dos condomínios. "Conclamamos os síndicos a se mobilizarem em torno deste tema, pois muitas mulheres estão sofrendo e vivendo a violência invisível", concluiu.

Condominial News

Saiba mais…

Segurança Condominial: Ameaça do Caso Lázaro

     O que o caso do serial killer Lázaro Barbosa Souza traz como exemplo para o reforço da segurança condominial? É o que vamos especificar neste artigo.

     Sabe-se que muitas pessoas optam por morarem em condomínios pela segurança que oferecem, hoje também ameaçada devido ocorrências como assaltos e conflitos internos.

     Os espaços que Lázaro invadiu nos últimos dias foram residências, localizadas em fazendas, dentre elas a que entrou, rendeu e tirou a vida de quatro pessoas da mesma família. Ele também fez outras famílias reféns, atirou em policiais e entrou em confronto com as forças de segurança. Segundo balanço da polícia, até agora onze propriedades já foram invadidas por Lázaro que busca à noite comida, enquanto se esconde durante o dia.

     Os locais onde o homem age não possuem tanta segurança como nos condomínios por serem distantes da cidade, áreas de baixa densidade demográfica, dificuldades no acesso à internet e comunicação e sem grandes aparatos de segurança. Nesse caso, vale observar o perfil dele, por ser uma pessoa altamente agressiva, violenta, apresenta transtorno de personalidade e capacidade de deslocamento tanto da cidade para o campo, deixando o rastro da violência por onde passa. Representa, portanto, uma ameaça para quem mora na cidade e também em condomínios, apesar do habitat natural dele ser a mata.

     São doze dias de operação policial para captura de Lázaro Barbosa Souza, que se mostra invisível e sem medo da segurança pública e da mega operação, com quase 300 homens de Goiás e Distrito Federal. O foragido brinca de esconde e esconde e com isso cresce o medo e a tensão entre os moradores do povoado Girassol, no município de Cocalzinho, onde está montada a base da polícia.

     Voltando à segurança condominial, o próprio Lázaro ou pessoas com o perfil do mesmo representam ameaças aos condomínios justamente por serem ousadas e desafiarem tudo e todos, sem temerem o que pode acontecer. O reforço da segurança é um item primordial nos condomínios para barrar qualquer suspeito ou situações ameaçadoras e por isso é preciso investir em tecnologia e capacitação de profissionais.

     O Condominial News lista aqui dicas para reforçar a segurança nos condomínios, entre elas: contratar profissionais especializados em segurança, implantar a segurança eletrônica e um sistema de alarme eficiente, estabelecer normas internas de acesso de pessoas estranhas, moradores e controlar a entrada de quem chega e sai do condomínio.

 Condominial News

Saiba mais…

Comunicado

      Informamos que hoje não será realizado a masterclass por motivo de luto. Assim que for definido a nova data informaremos aos interessados. Agradecemos a compreensão de todos.

Condominial News

Saiba mais…

     Por meio do Programa Multidisciplinar Capacitar Condominial, a Escola Condominial oferece cursos de formação, aperfeiçoamento e especialização em todo território nacional. O formato do curso será EAD ao Vivo Via plataforma zoom. As inscrições estão abertas para formação de turmas em muitos cursos ofertados.

     ATENÇÃO!

     Os interessados em participar da masterclass bônus edição especial terão até as 18:00 hr do dia 14 de junho para fazer a inscrição. Os certificados de participação, bem como os sorteios de bolsas só serão oferecidos para quem se inscrever. Até a data informada na bio.

     Para participar da Masterclass Bônus - Edição Especial é só assessoria o link abaixo: http://bit.ly/MatricularAqui

     Link de acesso ao auditório on-line da Escola Condominial👇🏻👇🏻👇🏻

     http://bit.ly/AulasMasterClasse 

     Estamos te esperando!!!

Condominial News

Saiba mais…